IRON BUTT 

MINHAS CERTIFICAÇÕES

Registro nº 33.135
www.MAZZO.net.br
SaddleSore 1000 (5 e 6 de setembro de 2008)


Foto Oficial da Largada

Pela ordem na foto, Pedrinho, Aristides, eu (Mazzo) e o Veríssimo fizemos esta prova em setembro de 2008. O Pedrinho e o Veríssimo tinham idéia de fazer o Iron Butt na modalidade SS1000 e eu e o Aristides um SS1500 ou SS2000, dependendo das condições do tempo e estrada.


Posto da largada na companhia dos Buenas Waldir, Ernani e Marquinho (testemunhas)


Última conferida no roteiro antes da largada

Saímos de Curitiba-PR no dia 05/09/2008 por volta das 21:30 horas pela BR 116 rumo a São Paulo. Antes mesmo da capital, já pegamos o rodo-anel, subindo direto para Campinas-SP e Ribeirão Preto-SP, onde nos separamos.

O Pedrinho e o Veríssimo seguiram para São José do Rio Preto-SP para fazer um circuito terminando as 1000 milhas na capital. Eu e o Aristides seguimos para Uberaba-MG, Uberlândia-MG e depois Catalão-GO. A idéia era seguir até Brasília-DF, virar para Goiânia-GO e pegar uma estrada para Campo Grande-MS. Mas em Catalão-GO tivemos a oportunidade de conversar com um dono de posto de combustível que nos passou algumas informações das estradas que não estavam boas, então decidimos seguir sentido a Caldas Novas-GO para pegar a BR 153. Perdemos muito tempo neste trecho e em algumas paradas, pois como era época de campanha política e estas estradas passavam por dentro de algumas cidades, fomos surpreendidos por locais com campanhas e trânsito interrompido, com isso nosso tempo ficou bastante curto.

Depois de descer um pequeno trecho da BR 153, nos informamos em alguns postos da Polícia Rodoviária Federal sobre a melhor estrada sentido Campo Grande-MS. Como todas as informações falavam de vários trechos com pista ruim e a BR 153 estava boa, com vários trechos duplicados, decidimos descer até São José do Rio Preto-SP para só então pegar a BR para Campo Grande-MS.

Paramos num posto em Fronteira-MG para abastecer e registrar o feito da primeira parte da viagem, ou seja, 1000 milhas em 24 horas. Como estávamos com fome e este posto não oferecia boas opções para alimentação, seguimos para São José do Rio Preto-SP para comer e continuar a viagem.

Até chegar em São José do Rio Preto-SP, rodamos mais uns 70 Km e observamos que a temperatura havia caído bastante. Como já era mais de 22 horas, estava muito frio e com previsões de chuva pela frente, o que atrasaria nossa viagem e não daria tempo para um pequeno descanso, resolvemos reavaliar as estratégias, afinal já estávamos a mais de 36 horas sem dormir.

Em São José do Rio Preto-SP, enquanto jantávamos, discutimos sobre as previsões das estradas, temperatura, descanso, etc e decidimos que seria melhor ficar só nas 1000 milhas neste evento e deixar as 1500 para uma próxima oportunidade. Afinal, apesar de ser um Iron Butt, a prova deve ser prazerosa para cumprir, caso contrário, além de ser estressante, pode se tornar perigosa.

Neste momento aproveitamos para conversar por telefone com o Pedrinho e o Veríssimo e soubemos que eles também cumpriram a prova de 1000 milhas com folga de 1 hora, terminando em Santos-SP, ajudados pelo amigo Digudi que os guiou pelas melhores opções de estradas naquela região e já festejavam com muitas cevas.